A função sexual masculina masculina é extremamente dependente do estado psico-emocional masculino

Não há nada anormal, como regra, porque a função sexual masculina masculina é extremamente dependente do estado psico-emocional masculino. Stress, fadiga, trabalho duro podem levar a uma incapacidade temporária para realizar relações sexuais. Mas há casos em que a causa da impotência é uma doença. Assim, a disfunção erétil pode ser uma consequência de doenças do sistema nervoso central, doenças vasculares, diabetes mellitus , também pode desenvolver-se em consequência do tratamento com o uso de certas drogas.


É claro que ninguém suportará a perda de seu poder masculino, mesmo que temporário, todos entendam a necessidade de agir, mas muitas vezes o tratamento efetivo da impotência é dificultado pelo sentimento de vergonha, a incapacidade de reconhecer-se como “inferior” não é algo estranho mas mesmo antes de um cônjuge ou parceiro.
Um homem começa a tentar aprender a tratar a impotência sozinho, sob qualquer pretexto, evita o contato sexual e perde, perde a autoconfiança, agravando o problema. Alguns tentam resolver o problema com a ajuda do álcool, outros começam a trocar de parceiro. Ambos, por via de regra, só fortalecem problemas psicológicos e agravam o estado do sistema nervoso central.

Dificuldades na cama deixam você nervoso. Mas às vezes é apenas um sintoma que indica um grande problema de saúde. É necessário começar o tratamento a tempo para que depois não seja dolorosamente doloroso.
Problemas sexuais em homens geralmente estão associados à idade. Isso é verdade. Quanto mais velha a pessoa se torna, maior o risco de disfunção erétil: de 5 a 8% em jovens a 75 a 80% em crianças de oitenta anosA prevalência mundial e epidemiologia da disfunção erétil .
Mas a disfunção e a impotência são apenas sinais de doenças mais complexas. Aqui estão seis razões para o fracasso sexual, que é mais importante que a própria impotência.

Disfunção erétil antes dos 45 anos é fator de risco para insuficiência coronariana Fatores de risco para doença cardíaca coronariana em pacientes com menos de 45 anos de idade . . É uma condição na qual colesterol, coágulos sanguíneos ou tecido conjuntivo estreitam o lúmen das artérias coronárias. Como resultado, o sangue não flui para o coração no volume necessário, a doença cardíaca coronária se desenvolve com todas as conseqüências desagradáveis: arritmia, insuficiência cardíaca. Evite esses sintomas com AZ 21 Funciona. Clique para maiores informações.

Este item é derivado do anterior. A disfunção erétil é apenas um dos sinais de estreitamento do lúmen das artérias. Se os vasos não permitirem que o sangue entre no órgão, os tecidos desse órgão são danificados devido à falta de suprimento de sangue. Isso leva a um fluxo sanguíneo prejudicado, derrame ou ataque cardíaco.